Retardador de Ejaculação Realmente Funciona?

Nos tempos antigos o sexo funcionava ao redor do homem, tanto que era sinal de virilidade a ejaculação rápida. Ninguém se preocupava com o prazer das mulheres.

Mas, de uns tempos para cá, com o avanço do reconhecimento da importância e dos direitos femininos dentro da sociedade, o jogo virou. É sinal de masculinidade demorar no sexo e proporcionar o maior número de orgasmos possíveis à parceira.

Como boa parte dos homens não têm sucesso em conseguir controlar a ejaculação (independente de terem ou não ejaculação precoce), surgem métodos alternativos que propõe soluções para o problema. Eles se chamam “retardadores”.

A grande questão é: eles realmente funcionam? Eu sei a resposta e você?

A PREMISSA BÁSICA DOS RETARDADORES

Ok, eu vou adiar um pouquinho a resposta dessa pergunta, focando no trabalho que um retardador faz. Ele adia a ejaculação, do mesmo jeito que fizemos com a resposta da pergunta principal do artigo. E o orgasmo não é a principal coisa do sexo também?

Porém, do mesmo jeito que acontece lá, acontece cá. Cedo ou tarde essa resposta irá chegar, não importa o que eu faça, afinal, é totalmente contra as regras da natureza, pelo menos para mim, prometer uma resposta e não dá-la, do mesmo jeito que não há sexo sem orgasmo, embora ejaculação e orgasmo sejam duas coisas diferentes (mas eu aposto que você ainda não consegue dissociar os dois acontecimentos, não é mesmo?).

O que tiramos disso tudo? Que assim como a resposta desse artigo, a ejaculação vai ter que chegar. Seja no começo ou lá pro final, depois de um tempinho. Mas é algo automático, sem controle algum. Depois voltamos a esse ponto.

SIM, RETARDADOR DE EJACULAÇÃO FUNCIONA… ATÉ DEMAIS!

Existem três tipos de usuários de retardadores: aqueles que conseguem ejacular depois de um tempo satisfatório de sexo; aqueles que mesmo assim ejaculam rápido; e aqueles que retardam, retardam, retardam e os dois pegam no sono depois de tanto relaxamento peniano.

Isso porque a camisinha retardante, por exemplo, vem com uma substância que diminui a sensibilidade do pênis, com isso aumentando o tempo da ereção. Porém, digamos que você não esteja num dia com muito vigor, o que acontece? Ao invés de prolongar a ereção, ela vai perdendo a sua força.

Por isso que é bom ficar sempre de olho nas novidades do mercado, nas pesquisas realizadas e se o produto é seguro, se possui certificados e se respeita as normas de saúde. E o ponto chave de tudo é usar com moderação, senão o efeito que você queria vai ser trocado por algo mais sério e incômodo.

Então, podemos dizer que os retardadores em forma de spray, de camisinha, entre outros métodos, podem sim dar resultado no que propõem, mas não são indicados como uma solução.

ELES NÃO VÃO RESOLVER SEU PROBLEMA

Homem segurando relógio

Não, eles não vão. Apenas podem te ajudar a se manter enquanto você vai tentando mudar a vida. Na verdade, muitos especialistas preferem não receitar nenhum retardador de ejaculação durante o tratamento para que a cura aconteça de forma completa. Mas isso vai de acordo com o método de cada um.

E sabe por que eles não resolvem nada? Porque o seu problema não é demorar no sexo e sim controlar a sua ejaculação, algo que você não consegue. Se o seu orgasmo vem em 80% das vezes antes do da sua parceira e se você não passa nem 3 minutos penetrando, é sinal de que esses paliativos não são a sua solução.

E mesmo que o seu caso seja apenas de irregularidades, aquela história do cérebro que faz coisas automáticas ilustra bem a situação. Já pensou em controlar a ejaculação ao invés de apenas esperar que ela demore usando um método ou outro?

Pense bem a respeito!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *