Ejaculação Precoce e o Discurso do Rei

Hoje quero tratar sobre um bom filme que assisti recentemente e que podemos traçar um paralelo com a ejaculação precoce, o filme é O Discurso do Rei. Dirigido por Tom Hooper e vencedor de 4 oscars, inclusive o de Melhor Filme, conta a história do rei Jorge VI, que conta com a ajuda do fonoaudiólogo Lionel Logue para fazer um importante discurso no início da Segunda Guerra Mundial. Se você ainda não assistiu o filme recomendo que reserve um tempinho para ver o quanto antes. Podemos aprender de diversas maneiras, e assistir um bom filme é uma maneira didática e divertida de entender e visualizar alguns assuntos mais complexos como a ansiedade e  sistema de crenças.  

SEMELHANÇAS COM A EJACULAÇÃO PRECOCE

Se você já assistiu ao filme, então talvez se lembre das causas da gagueira do rei Jorge VI. Ao longo do filme nós vemos uma amizade sendo criada, a do rei junto ao seu fonoaudiólogo. Laços foram construídos em cada consulta e a poeira emocional do paciente foi pouco a pouco sendo jogada fora.

Descobrimos que a gagueira, na verdade, é apenas um dos sintomas dos vários traumas sofridos na infância do rei. Fatos como a severidade de seu pai, a discriminação por ser canhoto, um tratamento nada agradável e muito doloroso em seu joelho, uma babá que preferia o seu irmão mais velho e dava beliscões para que ele chorasse e seus pais o repreendessem.

Aliás, o seu irmão mais velho costumava imitar a sua gagueira, o que aumentava ainda mais o desconforto de Bertie, o personagem principal que viria se tornar o rei Jorge VI. Com isso, a sensação de estar crescendo ao lado de alguém melhor do que si mesmo tomou conta dele. Até que seu irmão mais velho abdicou do seu direito de herdar a coroa e o resto você já sabe.

Para piorar, ainda houve a morte do seu irmão mais novo, piorando ainda mais o seu quadro emocional. Leitores do deBemcomTudo sabem que as emoções contribuem para o desenvolvimento de uma disfunção, seja ela qual for, porque não estamos falando de uma doença aqui, nem quando citamos a gagueira ou a ejaculação precoce, e sim de um distúrbio de natureza psicológica.

Do mesmo jeito que Bertie sofreu com traumas durante a sua infância, muitos dos homens que sofrem com a ejaculação precoce também têm a sua carga de emoções negativas dentro de si.

O SEGREDO PARA A LIBERTAÇÃO

O rei Jorge via na figura de seu fonoaudiólogo alguém peculiar. Um amigo, um conselheiro, alguém que lhe ajudasse a se desenvolver como ser humano num meio social. Na verdade, o rei era carente de uma figura paterna, algo que ele encontrou com firmeza em Lionel Logue.

Quantas vezes você quis alguém que lhe mostrasse o caminho, lhe dissesse o que fazer? Quantas vezes você se viu sem meios de conhecer mais sobre o sexo? Quantas vezes se sentiu, logo após ter se masturbado e ejaculado silenciosamente no banheiro de casa, culpado por ter feito um ato como este? Quantas vezes quis encontrar um manual que lhe mostrasse tudo o que deve ser feito na hora do sexo?

Isso tudo revela o quanto somos equivocados em nossos anseios e questionamentos. Não precisamos de uma cartilha ensinando a fazer sexo e nem de absolvição por qualquer ato realizado dentro de quatro paredes. Precisamos ser tranquilizados por algo, seja uma pessoa ou um livro. Precisamos entender que o sexo é um momento onde o ser humano deve se libertar de qualquer empecilho de prazer e não trazer naquele momento todos os seus traumas.

O sexo é o momento mais íntimo que um homem pode ter com outra pessoa, quando ele olha nos olhos da sua parceira naquele exato momento em que a penetra, quando ele percebe o prazer exalando por cada poro do corpo junto com um suor que deixa tudo ainda mais urgente. Mas que seja urgente apenas a necessidade de estar ali e não a ilusória necessidade de ejacular durante o sexo.

Esse é o segredo, caro leitor, esse é o segredo.

3 Comentários

  1. Joao Batista

    Eu assisti o filme e me vejo muito bem nele, tenho feitos os exercícios e já sinto um pouco melhoras. Parabéns pela compração, foi ótima.

    Responder
    1. Anderson Lumo

      Olá João Batista!

      Que bom que gostou do post. Fico feliz em saber que você já tem feito os exercícios. Assim que tiver melhores resultados não deixe de me comunicar.

      Obrigado por comentar e interagir.

      Abraços,

      Responder
  2. Umberto

    ótimo, parabéns e obrigado….vou colocar em prática…eu preciso….

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *