A Disfunção Erétil Possui Relação com a Ejaculação Precoce?

São dois problemas que aterrorizam os homens. Geralmente ninguém sabe dizer qual dos dois é pior e acarreta mais frustração. E já pensou se os dois acontecessem juntos?

Pois bem, são disfunções sexuais que podem ocasionar problemas sérios, mas que podem ser tratadas. Neste caso, a disfunção erétil traz um caráter bem mais urgente que a ejaculação precoce, sendo necessário um tratamento mais profundo.

PONTOS DE SEMELHANÇA ENTRE A DISFUNÇÃO ERÉTIL E EJACULAÇÃO PRECOCE

Existem pontos de semelhança entre os dois distúrbios. O primeiro está no campo das causas. Em ambos os casos as causas podem ser tanto fisiológicas como psicológicas.

Bem, falando de disfunção erétil, podemos nos lembrar da falta de condicionamento físico, uma alimentação desequilibrada, obesidade, entre outros problemas, que de certa forma acabam obstruindo veias e impedindo que o sangue desça ao pênis de uma forma eficiente. Isso faz com que a ereção se dê de forma incompleta, comprometendo a prática sexual.

A mesma coisa acontece com a ejaculação precoce, mas não da mesma forma. A falta de condicionamento físico coloca o corpo em estado de esforço excessivo durante o sexo, o que faz com que o cérebro dê um fim a toda aquela dor, embora prazerosa, que está sendo sentida. E como ele dá um fim? Com a ejaculação.

Por isso é sempre importante pegar leve na alimentação, em carboidratos, gorduras e no colesterol LDL. Seja um adepto de exercícios físicos e veja como a sua vida pode mudar para melhor ao adquirir uma resistência maior e uma rotina bem mais saudável.

Outro ponto importante são os fatores psicológicos. Há tratamentos psicoterápicos para quem tem disfunção erétil, da mesma forma que existe para quem sofre de ejaculação precoce. Ou seja, o sexo declarada e explicitamente tem boa parte de si residindo no cérebro. Portanto, todo processo de tratamento de alguma disfunção sexual geralmente deve passar pelo recondicionamento mental. Disso não tenha dúvidas.

EREÇÃO PROLONGADA = EJACULAÇÃO ADIADA

Homem tentando se equilibrar

Logicamente existe uma relação entre os dois pontos. Os próprios preservativos que prometem retardar a ejaculação possuem na embalagem os dizeres “ereção prolongada”. Então, resta a nós imaginar que há uma linha tênue entre ejaculação precoce e disfunção erétil.

Aliás, muitos homens têm medo que após algum tempo a ejaculação rápida evolua para uma possível impotência. E há mesmo alguma relação e possibilidade de isto acontecer? Bem, existem casos em que rapazes não chegam nem a enrijecer o pênis e já ejaculam. Ou seja, é uma clara mistura dos dois distúrbios acontecendo ao mesmo tempo.

Casos extremos como esse merecem uma atenção redobrada e uma atitude urgente. Por exemplo, o exercício do músculo pubococcígeo deve ser implantado na rotina do paciente com enorme urgência. E por quê? Porque além de ajudar no controle da ejaculação, esse músculo vai abrir outras portas para você.

Do mesmo jeito que o estímulo do PC nas mulheres faz com que elas dominem a arte do pompoarismo, diminua as cólicas menstruais, entre outras vantagens, no homem esse desenvolvimento também abrange vários campos. Por exemplo, a ereção realmente fica muito mais intensa quando você está em dia com seu músculo PC.

Ela é mais firme, mais completa e dura mais. Ou seja, você sente mais prazer por mais tempo. Logo, podemos notar entre essas duas disfunções algumas semelhanças que fazem toda diferença na hora do sexo.

Porém, são duas coisas diferentes e que possuem tratamentos diferentes. Elas estão atuando na mesma área? Sim. Mas são problemas que acontecem de formas distintas e de causas, que embora tenham semelhança, apresentam uma natureza particular.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *